domingo, 20 de maio de 2018

EM PRINCESA ISABEL, LUCÉLIO DEFENDE AGENDA DE DESENVOLVIMENTO
João Paulo Fernandes20 maio 0 comentários


Cumprindo agenda de diálogo e encontros para formulação do seu programa de governo, o pré-candidato Lucélio Cartaxo (PV) esteve neste sábado (19) em Princesa Isabel, no Sertão. Durante visita à feira do município, Cartaxo defendeu uma nova agenda de desenvolvimento para a Paraíba, afirmando que “a hora é de superação de problemas históricos e de sintonia com o futuro que se apresenta”
Acompanhado do senador Cássio Cunha Lima e do presidente estadual do PSDB Rui Carneiro, junto com o deputado Estadual João Henrique e lideranças como o ex-prefeito José Sidney e a ex-deputada Flora Diniz, Cartaxo disse que a Paraíba supera a marca de 4 milhões de habitantes com uma agenda antiga de pendências a enfrentar.
“A desigualdade social ainda atinge mais de 40% da população, junto com o déficit histórico em áreas como a saúde pública, que ainda não chega como deveria em todas as regiões do estado”, disse.
O pré-candidato, que está no Sertão desde a última quarta-feira (16), ressaltou que essa agenda do século passado precisa ser enfrentada ao mesmo tempo em que se consolida uma agenda que tenha foco no futuro.
“Não podemos nos perder em nenhuma das duas pautas. O povo quer e tem direito a serviços públicos de alto padrão com acesso à educação, água, saúde, transporte, segurança. Esse conjunto de políticas precisa ser universalizado e humanizado. Sempre defendemos isso: eficiência e humanização, com resultados que chegam mais perto da vida das pessoas”, disse.
Encontros
Depois de Santa Isabel, o pré-candidato seguirá para Juru, onde também se encontra com lideranças políticas e representantes da sociedade civil. No final da tarde, Cartaxo viaja a Campina Grande, onde participa da missa de sétimo em memória do deputado estadual Rômulo Gouveia.
Com informações de Eron Cid / Mais PB
Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário