quarta-feira, 2 de maio de 2018

CÁSSIO VISITA OBRAS AO LADO DE CARTAXO E GARANTE MAIS RECURSOS PARA UPAs NA PARAÍBA
João Paulo Fernandes02 maio 0 comentários


Durante visita às obras da UPA dos Bancários, em João Pessoa, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou que vem trabalhando, junto com a bancada federal, para assegurar mais recursos para a saúde na Paraíba, beneficiando a população.

Ao longo do mandato no Senado, Cássio destinou mais de R$ 73 milhões em recursos para a saúde do Estado, incluindo a implantação, ampliação e reforma de Unidades Básicas de Saúde, clínicas e policlínicas.

E, também, para ajudar os gestores no custeio e manutenção dessas unidades de saúde da Paraíba.“O bom atendimento na saúde demanda muito investimento e trabalho. É por isto que temos nos dedicado no Senado a destinar recursos para os municípios. No caso de João Pessoa, vamos continuar a trabalhar para que, após a entrega da obra da UPA dos Bancários, a homologação junto ao Ministério da Saúde seja agilizada para que o custeio de um milhão de reais por mês não fique apenas na conta da Prefeitura”, afirmou Cássio, após visitar a UPA Especialidades, ao lado do prefeito Luciano Cartaxo, do senador Raimundo Lira e do deputado federal Pedro Cunha Lima.

Cássio explicou que os mais de R$ 73 milhões destinados aos municípios são também utilizados para o fortalecimento da atenção básica, para a implantação, por exemplo, de Unidades de Saúde da Família, reforma e ampliação de hospitais, aquisição de ambulâncias e atenção à saúde bucal, dentre outros benefícios.

“É preciso investir na saúde dos municípios, principalmente os do interior, porque isto contribui inclusive para desafogar os hospitais e UPA’s de cidades maiores. No caso de João Pessoa, vamos continuar a trabalhar para garantir mais recursos para a conclusão e funcionamento da UPA dos Bancários e de outras unidades de pronto atendimento da capital, que beneficiam milhares de pessoas”, concluiu.


Paraibaonline
Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário