terça-feira, 31 de outubro de 2017

JUSTIÇA CASSA MANDATO DO PREFEITO DE BANANEIRAS E DETERMINA REALIZAÇÃO DE NOVAS ELEIÇÕES
João Paulo Fernandes31 outubro 0 comentários


O Ministério Público Eleitoral da 14a. Zona Eleitoral do brejo paraibano através de sua titular Promotora Ana Maria Pordeus Gadelha apresentou parecer favorável numa AIME – Ação de Impugnação de Mandato Eletivo que pede à cassação dos gestores Doglas Lucena, prefeito eleito de Bananeiras e o seu vice Guga Aragão, acusados de compra de votos nas eleições de 2016.
A ação movida pelo candidato derrotado às eleições de 2016, Mateus Bezerra, já está nas mãos do juiz Dr. Antonio Gomes de Oliveira, para prolatar a sentença. Os documentos utilizados pela promotora são empenhos, recibos e várias outras provas de crime eleitoral. Ana Maria Pordeus não revela o teor mas fontes da justiça afirmam que o pedido é de cassação de mandato eletivo com vasto embasamento jurídico.
A ação que corre em segredo de justiça tem um parecer fulminante da promotora Ana Maria pedindo a cassação de Doglas Lucena. O processo tem 33 volumes e só os memoriais tem 161 laudas. A representante do Ministério Público precisou de 4 meses para elaborar o seu parecer.

Fonte: www.expressopb.com.br
Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário