quarta-feira, 19 de abril de 2017

STF MANDA PARA A POLÍCIA FEDERAL INQUÉRITO CONTRA CÁSSIO CUNHA LIMA
João Paulo Fernandes19 abril 0 comentários

Ministro Edson Fachin

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), mandou para a Polícia Federal o inquérito contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).
O parlamentar paraibano foi alvo de delação premiada de ex-executivos da construtora Norberto Odebrecht, que atribuíram a ele o recebimento de R$ 800 mil via “caixa 2” nas eleições de 2014. Naquele ano, o hoje vice-presidente do Senado disputou o governo do Estado contra Ricardo Coutinho (PSDB), que conseguiu a reeleição.
Cássio foi citado na delação premiada pelos ex-executivos da Odebrecht Alexandre José Lopes Barradas e Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis. Barradas chegou a dizer, em depoimento, que o parlamentar paraibano relutou em aceitar o dinheiro via “caixa 2”, mas acabou recebendo ao ser informado de que esta seria a única forma de ter acesso à contribuição.
A versão repassada por Fernando Reis foi no sentido oposto, com a alegação de que o tucano já teria procurado o financiamento por meio de “caixa 2”. O codinome atribuído ao senador, segundo os delatores, era “Prosador”.

Fonte: www.wscom.com.br

Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário