segunda-feira, 27 de março de 2017

CÁSSIO CRITICA ROMERO POR PRESSÃO PARA SER CANDIDATO AO GOVERNO
João Paulo Fernandes27 março 0 comentários


O clima entre o senador Cássio Cunha Lima e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, ambos do PSDB, não é dos melhores. Irritado com as cobranças do primo e aliado político, o parlamentar criticou o que chamou de debate político através da imprensa. O desconforto do senador é com o fato de o prefeito ter redobrado a pressão para que a sigla tucana tenha candidato ao governo em 2018, com a cobrança para que Cássio dispute o pleito ou abra caminho para que ele trabalhe uma eventual candidatura.
“Não tenho mais idade de ficar levando carão público”, enfatizou Cássio, acrescentado que não levava carão nem do próprio pai e mentor político, o ex-governador Ronaldo Cunha Lima. “O tom do prefeito Romero Rodrigues foi um pouco elevado, a carapuça não me cabe de forma nenhuma, até porque não tenho mais idade de ficar levando carão público. Temos hoje a necessidade de uma conversa no partido para dirimir qualquer dúvida e preservar aquilo que sempre nos uniu, que é o desejo de uma Paraíba melhor”, explicou.
O desabafo de Cássio Cunha Lima ocorreu ao ser abordado, durante o velório do arcebispo emérito da Paraíba, Dom Marcelo Pinto Carvalheira, em João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (27). Apesar do tom incisivo nas declarações, o senador disse se tratar apenas de desconforto. “Não há crise. Há a necessidade de se resolver uns problemas internos, que não seja através da imprensa. A imprensa tem um papel importante, mas nem sempre é o melhor veículo para resolver divergências ou insatisfações que estejam sendo sentidas”, afirmou o senador.
Fonte: Blog do Suetoni
Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário