sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

RC SOBRE ADVERSÁRIOS: "APOSTARAM NO PIOR E HOJE PEGAM CARONA NA TRANSPOSIÇÃO"
João Paulo Fernandes20 janeiro 0 comentários


O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse, na quinta-feira (19), que está satisfeito com o cronograma do Governo Federal para a chegada das águas do Rio São Francisco na Paraíba, prevista para o dia 28 de fevereiro, ressaltou as obras complementares que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado para garantir a melhor distribuição da água e a pureza da mesma e cutucou oposicionistas políticos.
“É uma obra importantíssima até para alguns oportunistas que passaram muitos anos dizendo que era mentira, aliás, até recentemente diziam que não aconteceria a Transposição, apostaram no quanto pior melhor e hoje tentam pegar carona na Transposição, aparecendo em vídeos aí por fora, dizendo que a Transposição chega no dia tal, sendo portadores da boa notícia quando tentaram, em todos os momentos, dizer ou jogar a população contra as obras da Transposição”, comentou.
O governante adiantou, ainda, um projeto que está sendo desenvolvido para fazer com que as águas em Monteiro e Boqueirão sejam levadas até Picuí o que tornaria a Paraíba, dos estados beneficiados pela Transposição, o que terá a água melhor distribuída entre as regiões.
“Estamos fazendo um projeto executivo no Sistema Adutor da Borborema. Caso a gente consiga o financiamento, eu quero pegar a água que chega lá no ponto em Monteiro e lá em Boqueirão, as águas do São Francisco, e a gente quer levar para Santa Luzia, Taperoá, Desterro, até Picuí. E a Paraíba vai ser o Estado no Nordeste com a melhor distribuição das águas do São Francisco porque vai ter lá na região de Cajazeiras, no Cariri todo, vai ter na região da Borborema, Campina Grande sediando, menos Camará, porque já está pronta [a nova barragem] e vai ter todo o Curimataú. Aí nós vamos ter um Estado completamente coberto pelas águas do São Francisco”, concluiu.
Fonte: www.wscom.com.br
Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário