quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

JERICÓ REALIZA MUTIRÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI
João Paulo Fernandes03 fevereiro 0 comentários


A Vila de Jericó-PE, realiza nesta quarta-feira (03), o segundo mutirão de combate ao mosquito Aedes Aegypti - transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

A ideia é conscientizar a comunidade sobre os transtornos que uma epidemia pode trazer e as simples intervenções que podem quebrar o ciclo de reprodução do mosquito.

O ciclo do Aedes aegypti é composto por quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. As larvas se desenvolvem em água parada, limpa ou suja. Na fase do acasalamento, em que as fêmeas precisam de sangue para garantir o desenvolvimento dos ovos, ocorre a transmissão da doença.

O seu controle é difícil, por ser muito versátil na escolha dos criadouros onde deposita seus ovos, que são extremamente resistentes, podendo sobreviver vários meses até que a chegada de água propicia a incubação. Uma vez imersos, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas, das quais surge o adulto.

O único modo possível de evitar a transmissão da dengue é a eliminação do mosquito transmissor. 

A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.

Blog Política 24h

João Paulo Fernandes


Com informações de: www.mdemulher.com.br / imagens: googleimagens


Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário