sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

GOVERNADOR RICARDO PERDE O CONTROLE DA BANCADA NA ALPB
João Paulo Fernandes11 dezembro 0 comentários


Em seu mais novo artigo, o jornalista paraibano Eron Cid, relata as dificuldades enfrentadas pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), em aprovar temas polêmicos - principalmente a instalação do TCM - Tribunal de Contas dos Municípios.

Leia o que diz Eron Cid:

Nas últimas reuniões internas com a base aliada, o governador Ricardo Coutinho vem deixando dois pontos muito claros: a instalação do Tribunal de Contas dos Municípios é “uma questão de governo” e a proposta só chega a Assembleia com a certeza de maioria confortável para aprovação.
Mesmo assim, o governo vive, nos últimos dias, uma instabilidade dentro da bancada e a incapacidade política de reunir e formar consenso entre os seus. Afora, Anísio Maia, agora já são públicas as dissensões de João Bosco Carneiro Júnior, declaradamente contra o TCM, e dos deputados Ricardo Barbosa e Nabor Wanderley, que assumiram “tendência” desfavorável.
A aprovação da proposta carece de 22 votos a favor. Diante das resistências internas, a articulação governista busca atrair três votos da oposição. Não seria mais fácil convencer para dentro, primeiro, e não ficar refém de trunfos que são guardados ainda em sigilo?
O quadro, inicialmente visto como de fácil costura e recentemente descambando para o terreno arenoso, leva o governo a refletir e a diagnosticar as motivações das resistências. E não tem muito tempo para resolvê-las, devido aos prazos de tramitação.
Pelo o que se apura, o que aparece tem haver com insatisfações acumuladas em privado. Nem todos os deputados engolem as demandas represadas, muitas das quais sequer chegam ao conhecimento do “chefe”. Epidermicamente, também se percebem indícios de problemas de condução. Não no conteúdo, mas na forma.
Política 24h
Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário