quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

APLICATIVO DE CELULAR PODE AJUDAR A DETECTAR CÂNCER DE PELE
João Paulo Fernandes02 dezembro 0 comentários


Um novo aplicativo promete  ajudar  as  pessoas  a ter um diagnóstico para o câncer de pele, fornecendo uma ‘classificação de risco’ para casos de melanona, com precisão de 83%.

Chamado de SkinVision, o app australiano permite, através de fotos normais tiradas pela câmera do celular, avaliar o risco em uma tentativa de aumentar a detecção precoce.
O aplicativo usa um algoritmo para análise da lesão com base na geometria fractal, fornecendo uma ‘classificação de risco’ e recomendação posterior, com a foto podendo ser enviada para análise, diretamente ao médico particular do usuário.
O presidente da SkinVision, Dick Uyttewaal, disse que o app não irá substituir um profissional médico, e sim, permitir um maior controle dos usuários com os cuidados de sua pele. “Manchas ou lesões podem ser verificadas regularmente para ajudar na detecção e prevenção de melanoma e câncer de pele em fase inicial”, disse ele.

Em média, dois em cada três australianos são diagnosticados com câncer de pele aos 70 anos, sendo a doença responsável por 80% de todos os novos diagnósticos de câncer a cada ano. O aplicativo permite aos usuários detectar partes do tecido potencialmente cancerígenas, ainda em estágio inicial, aumentando suas chances de sucesso do tratamento.

Uma nova pesquisa da Cancer Council revelou que as queimaduras solares sem proteção mais perigosas em adultos acontecem em casa, durante atividades como jardinagem, leitura, ou tarefas habituais. Piqueniques e churrascos também estão entre as queimaduras solares mais perigosas, juntamente com dias de uso de piscinas e idas à praia em horários de pico. Essas atividades que envolvem água são a causa de 29% das queimaduras solares em adultos.
Anualmente, 11.405 novos melanomas são diagnosticados na Austrália, e mais 750 mil tipos de câncer de pele não envolvem melanona. Cânceres de pele são responsáveis ​​por cerca de 80% de todos os cânceres recorrentes, e até 99% acontecem devido à exposição ao Sol.
A Semana Nacional do Câncer de Pele, organizada pela Cancer Council, na Austrália, que acontecerá entre os dias 15 e 21 de novembro, permitirá, após um acordo com a SkinVision, que as pessoas possam realizar a assinatura de um ano grátis ao aplicativo, caso ele seja baixado durante o evento.
Política 24h
João Paulo Fernandes

com informações de: www.jornalciencia.com.br

Sobre o Autor "Apenas um rapaz, latino-americano, sem dinheiro no banco sem parentes importantes, vindo do interior..." João Paulo Fernandes Facebook

0 comentários

Postar um comentário