sexta-feira, 24 de março de 2017

GOVERNADOR INAUGURA ESTRADA QUE TIRA 50ª CIDADE DA PB DO ISOLAMENTO
João Paulo Fernandes24 março 0 comentários


O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta quinta-feira (23), a pavimentação da rodovia PB-400 tirando o município de Santa Inês do isolamento asfáltico.
Esta é a 50ª cidade a sair do isolamento por meio do Programa Caminhos da Paraíba. A rodovia tem 11,6 km de extensão e recebeu mais de R$ 15 milhões de investimento.
Aproximadamente 22 mil habitantes de Santa Inês e Conceição são beneficiados com esta obra, que faz parte do calendário de inaugurações do Governo do Estado programado para os meses de fevereiro e março.
O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, deputados estaduais, auxiliares do Governo e lideranças da região também estiverem na solenidade.
Na ocasião, Ricardo destacou que o Programa Caminhos da Paraíba mudou a realidade das estradas paraibanas e enfatizou que em seis anos e dois meses de gestão 123 estradas já foram feitas.
“Estamos trazendo aquilo que era um sonho da população de Santa Inês. A estrada está semeando o futuro desse município. O acesso vai proporcionar o desenvolvimento e dar dignidade aos moradores. Fico feliz em retirar a 50ª cidade paraibana do isolamento. Já chegamos a 123ª estrada desta gestão. Lembro que quando viemos assinar a ordem de serviço muitas pessoas não acreditaram que a obra seria feita, porque anteriormente outros já haviam prometido. Mas nós fizemos a estrada com qualidade e quase R$ 16 milhões de investimento”, disse o governador.
Ricardo Coutinho também comentou que restam apenas quatro cidades paraibanas em isolamento asfáltico e até abril todas as estradas estarão concluídas.
“Quando entramos no Governo, 54 municípios estavam em situação de isolamento, agora faltam apenas quatro: Natuba, Vieirópolis, Caraúbas e Carrapateira. Até abril vamos inaugurar todas elas e teremos a felicidade de dizer que não resta mais nenhuma cidade sem asfalto neste Estado”, afirmou.
A PB-400 passou por terraplenagem em cortes e aterros, sistema de drenagem para águas pluviais e subterrâneas, pavimentação asfáltica, duas pontes em concreto armado com extensão total de 184 metros, cercas de segurança da faixa de domínio, gramagem e paisagismos em taludes e sinalização horizontal e vertical.
O prefeito de Santa Inês, João Nildo, ressaltou a grandiosidade da obra, que era um pedido antigo da população local.
“Estou aqui para agradecer em nome de todos por esta obra tão grandiosa e importante para nossa cidade. O município está de parabéns porque hoje sai oficialmente do isolamento asfáltico. Antes não podia chover que ninguém passava pela estrada de barro, mas agora pode vir chuva à vontade que passamos tranquilamente e com agilidade pela rodovia. O povo de Santa Inês está extremamente agradecido”, comemorou o prefeito.
“Estamos muito satisfeitos porque vivemos uma semana mágica, cheia de celebrações pela chegada de obras em vários locais da Paraíba. Santa Inês passou décadas esquecida, pelo fato de ser uma cidade com poucos habitantes. Porém, este Governo não olha para o tamanho do município, Ricardo pensa na necessidade da população. Por isso, esta estrada foi feita e hoje é entregue para acabar com o sofrimento do povo que mal podia passar pela estrada de barro. O governador mostra que com determinação e responsabilidade está sendo possível melhorar a Paraíba”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia.
A professora Maria Dionnê Leite mora em Santa Inês desde que nasceu e afirmou que as dificuldades eram enormes devido às péssimas condições da estrada.
“Antes a estrada era de barro, bem estreita e com buracos. Era muito complicado ir para outras cidades, principalmente quando chovia. Muitos prometeram, mas Graças a Deus, veio Ricardo Coutinho e fez a nossa estrada. A vida por aqui melhorou demais”, comentou.
“Vou todos os dias para Conceição e era complicado passar pela estrada de barro. Fiquei muito feliz quando passei pela primeira vez pelo asfalto, com a pista nova e bem feita. O povo agora tem o direito de ir e vir com segurança”, disse a dona de casa Francisca Silva.

Fonte: www.paraiba.com.br

NA CABEÇA DE VENEZIANO, A FRASE: 'PMDB NUNCA MAIS'
João Paulo Fernandes24 março 0 comentários


Parece que agora não restam dúvidas: o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo já teria traçado seu projeto político partidário fora do PMDB, a julgar pela postura assumida de se opor as matérias prioritárias advindas do Planalto. O parlamentar da Paraíba já decidiu que não votará com o Governo Federal na Reforma da Previdência.

Promete repetir a votação do projeto de lei que regulamenta o uso dos terceirizados nas empresas, tendo sido ele um dos quatro deputados da bancada paraibana a votar “não”. Ou seja, contrário aos temas prioritários enumerados pelo presidente Michel Temer. O destino de Veneziano estaria muito bem traçado.

Por se opor a orientação do seu partido, ele mostra que está de saída para outra agremiação. Pode até não ser o PSB do governador Ricardo Coutinho, já que os socialistas são base do Governo Federal. Quem sabe o PDT, o Rede de Marina Silva? O tempo é quem vai dizer.

Na cabeça do ex-cabeludo uma frase parece estar muito bem definida: PMDB nunca mais…


WWW.MARCONEFERREIRA.COM.BR

terça-feira, 21 de março de 2017

STF INOCENTA VENEZIANO EM INQUÉRITO QUE APURAVA IRREGULARIDADES NA PMGC
João Paulo Fernandes21 março 0 comentários


Inquérito apurava convênio realizado entre a PMCG e o Ministério da Saúde em 2004

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal – STF, seguiu o parecer do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, e determinou o arquivamento do inquérito 4041/PB. O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo estava sob investigação em relação a supostas ilegalidades relativas ao convênio 3.701/2004, firmado pelo município de Campina Grande e o Ministério da Saúde.
Depois de promover diligências e analisar a manifestação escrita apresentada pela defesa do parlamentar, o Procurador Rodrigo Janot afirmou, entre outros pontos que fundamentaram seu parecer pelo arquivamento, que “desde a data de início da apuração dos fatos, seja no curso do inquérito policial, na origem, seja com as diligências efetivadas sob supervisão da Suprema Corte, não se logrou êxito em identificar liame subjetivo que pudesse indicar a participação do ex-prefeito, sob a perspectiva criminal, nas irregularidades apontadas”.
O advogado Luciano Pires, que defende o parlamentar no STF, comentou que “o aprofundamento das investigações em momento algum intranquilizou a defesa. Havia plena convicção sobre a lisura dos atos de Veneziano. Tivemos, também, oportunidade de esclarecer detidamente questões levantadas no inquérito. O certo é que o Ministério Público, com zelo e precaução, conduziu a apuração serenamente e agiu com Justiça na sua conclusão”.
Em outra decisão, concluída no dia 14 deste mês, o STF determinou o trancamento da ação penal nº. 912/PB, considerando que não existia justa causa para processar Veneziano.

Fonte: www.wscom.com.br

'ÁGUAS DA TRANSPOSIÇÃO NÃO CHEGARÃO A CAMPINA GRANDE', DIZ SARMENTO
João Paulo Fernandes21 março 0 comentários


A chegada das águas da transposição à Paraíba foi inaugurada em duas oportunidades: uma pelo presidente Michel Temer (PMDB), esta oficial, e uma extra-oficial, tendo como principal estrela os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT. Apesar da pompa nas comemorações e das brigas pela paternidade da obra, o quadro atual é de dificuldades. Os problemas na operação do transporte da água fez a vazão cair a pouco mais de 200 ou 300 litros por segundo, tornando praticamente impossível a chegada das águas ao Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão).

A constatação foi feita pelo ex-secretário de Recursos Hídricos do governo da Paraíba e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Francisco Sarmento. Em entrevista à CBN João Pessoa, nesta terça-feira (21), ele disse que, aparentemente, a grande preocupação do governo federal foi fazer a água chegar, mas sem preocupação com a sustentabilidade da estrutura. A vazão prometida inicialmente era de 6 metros cúbicos por segundo, só que no momento inicial, não mais do que 2 metros cúbicos por segundo foram enviados e agora o quadro piorou.

Demanda

A estimativa de Francisco Sarmento é que fazendo uma média do início das operações até agora, não mais do que 1,4 metros cúbicos por segundo tenham sido liberados. Isso foi suficiente para que a água saísse do reservatório Barreiro, em Pernambuco, onde houve um rompimento da barragem recentemente, e chegasse ao manancial de Poções, em Monteiro, já na Paraíba. Daí a água segue para a barragem de Camalaú, antes de chegar a Boqueirão. O problema é que apenas uma pequena lâmina de água tem passado por Monteiro, insuficiente para a demanda.

Sarmento alertou que dado o assoreamento do rio Paraíba, a absorvição do recurso hídrico pelo solo, pouco ou nada chegará a Boqueirão, frustrando a população de Campina Grande, que vive um racionamento de três dias com água e quatro sem. O quadro foi antecipado pelo professor ao blog do Rubão, do jornalista Rubens Nóbrega, abrigado no Jornal da Paraíba. Durante a entrevista na CBN, ele alertou que os problemas tendem a se agravar, caso o governo federal não implemente o funcionamento das outras bombas.

Durante a inspeção realizada por Sarmento, que trabalhou como consultor para a obra e acompanhou as obras complementares quanto atuou como secretário da Paraíba, ele percebeu um quadro crítico. Na Estação de Bombeamento Vertical 5 (EBV-5), das quatro bombas previstas no projeto original, apenas duas foram instaladas. A situação também é complicada no EBV-6, onde também eram previstas quatro bombas e foram instaladas apenas duas. Só que, destas duas, só uma está funcionando. A outra foi enviada para reparos nos Estados Unidos.

Rompimento

Para piorar, houve o rompimento na barragem Barreiro, em Sertânia, causando muitos transtornos para a população local. O problema foi apontado como pontual, porém, problemas semelhantes foram registrados nas barragens de Campos e Barro Branco, também em Pernambuco. No caso de Barro Branco, a gravidade das infiltrações obrigou a execução emergencial de um “engordamento” da parede da barragem. Já em Campos também ocorreram problemas dessa natureza e foram usadas proteções feitas com camadas de rochas.

Sarmento, por isso, relatou que os dois reservatórios não podem operar com a carga máxima de água. O resultado disso é que o problema de abastecimento em Campina Grande e outras 18 cidades do entorno, pelo jeito, pode ser prolongado por causa da fragilidade da obra. O quadro é crítico.

Aesa garante que a água vai chegar

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), João Fernandes, evitou polemizar com Francisco Sarmento, porém, garantiu que a água vai chegar a Campina Grande, sim. Ele alegou que vai enviar uma equipe técnica amanhã a Monteiro para aferir a quantidade de água que está chegando ao Estado. Segundo o relato do secretário, no primeiro dia o volume disponibilizado foi de 4 metros cúbicos por segundo, que depois passou a ser 2,2 metros cúbicos por segundo, em decorrência de problemas em uma das bombas.

A última aferição realizada, segundo Fernandes, revelou uma vazão de 1,8 metros cúbicos por segundo. A promessa feita pelo Ministério da Integração Nacional foi de que este volume subiria para 4,5 metros cúbicos por segundo, a partir desta terça-feira (21), por causa do enchimento do reservatório Barro Novo, em Pernambuco. “A água já está chegando a Camalaú, com o volume atual, então, não posso duvidar que com o aumento ela não chegue a Boqueirão”, relatou o presidente da Aesa.


Fonte: Blog do Suetoni

segunda-feira, 20 de março de 2017

TCE-PB VAI REUNIR PREFEITOS E DEBATER ORÇAMENTO E DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS
João Paulo Fernandes20 março 0 comentários


O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba reunirá, na próxima sexta-feira (24), os prefeitos e vice-prefeitos dos 223 municípios do estado para repassar orientações acerca de planejamento, orçamento e desenvolvimento dos municípios.
Denominado “Encontro Sobre Planejamento Orçamentário e Desenvolvimento Sustentável”, o evento – sob a coordenação do conselheiro Marcos Costa, atual dirigente da Escola de Constas Otacílio Silveira, do TCE – terá início às 8h 30  e será aberto pelo presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres, no Centro Cultural Ariano Suassuna. O conselheiro Arnóbio Viana, vice-presidente do TCE, fará o encerramento do encontro.
A programação de palestras temáticas começa com abordagem do conselheiro Fernando Catão sobre ‘A Responsabilidade dos Agentes Públicos na Elaboração dos Instrumentos de Planejamento’.
O tema seguinte – ‘Visão do Ministério Público de Contas Acerca dos Instrumentos de Planejamento’ – ficará a cargo do procurador Bradson Camelo. Na sequência, a auditora de contas públicas, Adriana Falcão do Rego falará sobre ‘A Contribuição das Auditorias Operacionais para o Planejamento da Gestão e a Boa Governança’.
Depois, será a vez do presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, conselheiro Antonio Gilberto de Oliveira Jales, abordar o tema ‘O Comprometimento dos Gestores Públicos e Órgãos de Fiscalização com o Planejamento Orçamentário Responsável e a Sustentabilidade’.
A programação segue com apresentação, a cargo do conselheiro Arthur Cunha Lima, Ouvidor do TCE, do livro‘Juscelino Kubitschek, Vida e Obra’, de autoria do conselheiro (aposentado) e poeta Luiz Nunes.
‘Os Impactos da Gestão Sustentável para o Cidadão’ serão tratados, em palestra conjunta, pelo auditor Flávio Roberto Gondim e pela servidora Ana Márcia Batista Alves. Em seguida, a coordenadora da Fundação Solidariedade, Núbia Virgínia Almeida Gonçalves falará sobre Objetivos do Desenvolvimento Sustentável’.
Fonte: www.paraibaja.com.br

sábado, 18 de março de 2017

PREFEITO RICARDO FAZ BALANÇO DE GOVERNO E ALFINETA: “A OPOSIÇÃO ESTÁ COM DOR DE COTOVELO”
João Paulo Fernandes18 março 0 comentários

Prefeito Ricardo Pereira (PSB)

Em entrevista concedida neste sábado (18) ao programa radiofônico Afinando a Conversa, na Rádio Princesa AM, o prefeito de Princesa Isabel-PB, Ricardo Pereira (PSB), prestou contas das ações de governo dos primeiros meses de gestão e rebateu críticas da oposição

Falando sobre investimentos, Ricardo destacou a construção de 02 salas de aulas em tempo recorde, a compra de 2100 kits escolares, 110 exames oftalmológicos com óculos de grau para professores da rede municipal, agentes comunitários de saúde e alunos do município, o aporte financeiro para o transporte de todos os estudantes universitários que estudam em Serra Talhada-PE, o conserto de toda a frota de ônibus escolares que, segundo o prefeito, estava sucateada, os esforços para equilibrar e honrar as contas do município, com repasse integral dos recursos pertencentes ao Instituto de Previdência do Município, pagamento dos salários dos servidores ativos e inativos dentro do mês trabalhado e a assinatura de um acordo para o pagamento de precatórios que não foram honrados nas gestões passadas

Sobre a oposição capitaneada por Sídney Filho (PSDB), Ricardo rebateu às críticas feitas aos eventos carnavalescos, solidarizou-se com a equipe de Cultura, alfinetou-os dizendo que todas as manifestações não passam de “dor de cotovelo” porque a gestão está indo muito bem e desafiou-os a subscreverem um relatório que será entregue ao Tribunal de Contas da Paraíba, onde consta um rombo de aproximadamente 32 milhões de reais nas contas do município deixado pelas administrações anteriores.

Política 24h
Imagem: Erik Clementino

sexta-feira, 17 de março de 2017

EM RITMO DE CAMPANHA, CARTAXO SE REÚNE EM ALMOÇO NA CAPITAL COM SETE PREFEITOS
João Paulo Fernandes17 março 0 comentários


O prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD) deu mais provas nesta sexta-feira (17) que está em ritmo de campanha para as eleições de 2018. Ele almoçou hoje com sete prefeitos de diferentes regiões do Estado e apresentou sua gestão.
O almoço contou com a presença dos prefeitos e Jacaraú, Montadas, Pedra Lavrada, Pedro Régis, Picuí, Riaçhão e Tacima, que ouviram o prefeito apresentar o trabalho que tem feito na PMJP.
Cartaxo aproveitou a ocasião para ressaltar que tem procurado compartilhar ações de sua gestão já que, para ele, “o trabalho na Prefeitura de João Pessoa representam uma transformação na vida das pessoas”.


Fonte: www.paraibaja.com.br

LIRA É O ÚNICO SENADOR DA PB A ASSINAR REQUERIMENTO PELO FIM DO FORO PRIVILEGIADO
João Paulo Fernandes17 março 0 comentários


O Senador Raimundo Lira (PMDB) é um dos 41 Senadores que assinaram o requerimento para dar urgência à votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 10/2013) que acaba com o foro privilegiado para crime comum. O relator do texto aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em 30 de novembro do ano passado é o Senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP).
Em vídeo publicado em sua página no Facebook, Raimundo Lira confirmou a assinatura e enviou uma mensagem aos paraibanos. “Tenho a satisfação de informar à opinião pública do meu estado, a Paraíba, que assinei o pedido de urgência para a tramitação da PEC 10/2013, que altera o Foro Privilegiado. Portanto, foi uma decisão que atende às expectativas da maioria do povo da Paraíba e do povo do meu País”
O pedido de urgência deverá ser entregue ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), na próxima terça-feira.
A PEC, do Senador Alvaro Dias (PV-PR), acaba com o foro privilegiado para todas as autoridades suspeitas de terem cometido de crime comum. Nesses casos, políticos, procuradores, juízes e outras figuras públicas que gozam atualmente da prerrogativa de serem julgados por tribunais específicos passarão a ter seus casos examinados pela primeira instância. A mudança não vale para qualquer tipo de crime, como os de responsabilidade e outros que só podem ser cometidos por funcionários públicos.
Apoiadores – Abaixo, a lista completa dos Senadores que apoiaram a urgência para a votação da PEC do fim do foro privilegiado:
Acir Gurgacz (PDT-RO), Alvaro Dias (PV-PR), Ana Amélia (PP-RS), Ângela Portela (PT-RR), Armando Monteiro (PTB-PE), Ataídes Oliveira (PSDB-TO), Cidinho Santos (PR-MT), Cristovam Buarque (PPS-DF), Dário Berger (PMDB-SC), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Eduardo Amorim (PSDB-SE), Eduardo Lopes (PRB-RJ), Fátima Bezerra (PT-RN), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), João Capiberibe (PSB-AP), José Medeiros (PSD-MT), Lasier Martins (PSD-RS), Lúcia Vânia (PSB-GO), Lídice da Mata (PSB-BA), Magno Malta (PR-ES), Maria do Carmo Alves (DEM-SE), Marta Suplicy (PMDB-SP), Otto Alencar (PSD-BA), Paulo Bauer (PSDB-SC), Paulo Paim (PT-RS), Paulo Rocha (PT-PA), Pedro Chaves (PSC-MS), Raimundo Lira (PMDB-PB), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Reguffe (sem partido-RJ), Regina Sousa (PT-PI), Romário (PSB-RJ), Roberto Requião (PMDB-PR), Rose de Freitas (PMDB-ES), Simone Tebet (PMDB-MS), Thieres Pinto (PTB-RR), Thieres Pinto (PTB-RR), Waldemir Moka (PMDB-MS), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Fonte: www.wscom.com.br

quinta-feira, 16 de março de 2017

TRE JULGA IMPROCEDENTES DENÚNCIAS CONTRA RC E CÁSSIO
João Paulo Fernandes16 março 0 comentários



O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), em sessão realizada na tarde desta quinta-feira (16), julgou improcedente a ação do Ministério Público Eleitoral em desfavor do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB).
O gestor foi denunciado por suposta conduta vedada, quando, na eleição de 2014, a professora Gerente de Ensino da 13ª região (Princesa Isabel), Nininha Lucena, irmã do corregedor da Procuradoria de Justiça do Estado, Tião Lucena, teria coagido prestadores de serviços a apoiar a reeleição do governador com ameaças de perda de emprego.
O procurador Marcos Alexandre Bezerra Queiroga deu o parecer pela improcedência da ação; Ele foi seguido pelo relator do processo, o juiz Breno Wanderley, e os outros membros da corte.
Cássio Cunha Lima também foi absolvido da denúncia contra a mãe do ex-prefeito de Mamanguape, Fábio Fernandes, que estaria pedindo votos para o candidato tucano. Ele foi inocentado por unanimidade.
Fonte: www.wscom.com.br

CÁSSIO, AGNALDO E LINDBERG FARIAS SÃO CITADOS NA LISTA DA ODEBRECHT
João Paulo Fernandes16 março 0 comentários


Guardada a sete chaves pela Procuradoria-Geral da República e pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a lista dos políticos que serão investigados com base nas delações da Odebrecht é o mais novo pesadelo de partidos e centenas de autoridades brasileiras. Mas um ponto em comum une os alvos das investigações já antecipados pela imprensa: quase todos eles aparecem nos papeis apreendidos pela Polícia Federal, em fevereiro do ano passado, na casa do então presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Barbosa Silva Junior, no Rio. É o caso, por exemplo, dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o “Botafogo”; e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o “Índio”; do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, o “Primo”; e do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), o “Santo”, dados como certos entre os investigados. 

Os paraibanos citados são os Senadores Cássio Cunha Lima (PSDB), Lindberg Farias (PT-RJ) e Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

As planilhas apontavam mais de 300 nomes de políticos, com registros de valores e anotações à mão e até apelidos. Entre eles, grande parte das principais lideranças políticas nacionais, incluindo chefes de Executivo das unidades federativas economicamente mais fortes do país: são mais de 80 parlamentares, ministros e governadores (clique no link para ver a lista) – dos governistas PMDB, PSDB e DEM aos oposicionistas PT e PCdoB.

Ainda não se sabe quantos, muito menos quais desses políticos, estão na mira dos 83 pedidos de abertura de inquérito (procedimento preliminar que pode resultar em processo) enviados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, na última terça-feira (14). Também não é conhecido o número de autoridades que serão investigadas, pois um mesmo inquérito pode apurar a responsabilidade de vários suspeitos. A divulgação dos nomes ainda depende de Fachin, a quem cabe autorizar as investigações e avaliar a quebra de seus respectivos sigilos, solicitada por Janot.

A lista dos políticos que aparecem nos documentos da Odebrecht foi publicada em primeira mão pelo Congresso em Foco em março do ano passado. Foram feitos cruzamentos para identificar datas, nomes e locais constantes das versões originais, além da eliminação de erros de grafia e da decodificação de certos apelidos. Na relação atualizada nesta quinta-feira (16) pelo site, com a inclusão de alguns nomes que só foram identificados posteriormente, há pelo menos dez ministros do atual governo, 18 senadores e 47 deputados e nove governadores. Eles negam irregularidades. A maioria diz que as doações foram legais.

A citação nas planilhas da Odebrecht – a maior parte relativa a doações para a eleição municipal de 2012 – foi um dos pontos de partida dos procuradores para ouvir os 77 ex-executivos do grupo que fizeram acordo de delação premiada. Os representantes do Ministério Público tomaram mais de 900 depoimentos e levaram em conta várias outras revelações para encaminhar cada caso. Nessa fase, outros nomes foram citados por delatores como beneficiários de repasses do grupo. O aprofundamento das investigações vai indicar o que foi doação legal de campanha, o que foi caixa dois e o que foi propina.

Além da instauração de inquéritos, o procurador-geral solicitou 211 declínios de competência para outras instâncias da Justiça nos casos que envolvem suspeitos sem prerrogativa de foro no Supremo, como os ex-presidentes Lula e Dilma, além de sete arquivamentos e outras 19 providências.

Os inquéritos envolvendo governadores, por exemplo, deverão ser encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além de políticos com foro em Brasília, também aparecem nos registros ex-ministros de Dilma e Temer, ex-parlamentares, ex-governadores, prefeitos, deputados estaduais, vereadores e outros políticos sem mandato. A equipe do ministro Edson Fachin ainda avalia os pedidos do procurador-geral da República. A expectativa é que os nomes da “nova lista de Janot” venham a público até a próxima semana.

MINISTROS
Antonio Imbassahy (PSDB-BA) – Secretaria de GovernoBruno Araújo (PSDB-PE) – Ministro das CidadesEliseu Padilha (PMDB-RS) – Ministro da Casa CivilGilberto Kasssab (PSD-SP) – Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e ComunicaçõesMendonça Filho (DEM-PE) – Ministro da EducaçãoMoreira Franco (PMDB-RJ) – Ministro da Secretaria-Geral de GovernoOsmar Terra (PMDB-RS) – Ministro do Desenvolvimento Social e AgrárioRaul Jungmann (PPS-PE) – Ministro da DefesaRicardo Barros (PP-PR) – Ministro da SaúdeRoberto Freire (PPS-SP) – Ministro da CulturaGOVERNADORESBeto Richa (PSDB-PR)Fernando Pimentel (PT-MG)Geraldo Alckmin (PSDB-SP)Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ)Marconi Perillo (PSDB-GO)Raimundo Colombo (PSD-SC)Reinaldo Azambuja (PSDB-MS)Tião Viana (PT-AC)Wellington Dias (PT-PI)
SENADORES Aécio Neves (PSDB-MG)Ana Amélia Lemos (PP-RS)Armando Monteiro (PTB-PE)Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)Ciro Nogueira (PP-PI)Eunício Oliveira (PMDB-CE)Fernando Bezerra (PSB-PE)Gleisi Hoffmann (PT-PR)Humberto Costa (PT-PE)Jader Barbalho (PMDB-PA)José Agripino (DEM-RN)José Aníbal (PSDB-SP) – suplenteJosé Serra (PSDB-SP)Lindbergh Farias (PT-RJ)Randolfe Rodrigues (Rede-AP)Renan Calheiros (PMDB-AL)Romero Jucá (PMDB-RR)Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
DEPUTADOS Afonso Hamm (PP-RS)Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – líder do governo na CâmaraArnaldo Jardim (PPS-SP) – licenciadoArthur Oliveira Maia (PPS-BA)Arthur Virgilio Bisneto (PSDB-AM)Bebeto Galvão (PSB-BA)Betinho Gomes (PSDB-PE)Beto Mansur (PRB-SP)Carlos Zaratini (PT-SP)Celso Russomanno (PRB-SP)Clarissa Garotinho (PRB-RJ)Daniel Almeida (PCdoB-BA)Daniel Coelho (PSDB-PE)Fernando Marroni (PT-RS)Heráclito Fortes (PSB-PI)Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE)José Carlos Aleluia (DEM-BA)José Otávio Germano (PP-RS)José Priante (PMDB-PA)Júlio Lopes (PP-RJ)Jutahy Magalhães Jr. (PSDB-BA)Luciano Ducci (PSB-PR)Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA)Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR)Luiz Carlos Ramos (PTN-RJ) – licenciadoLuiz Sergio (PT-RJ)Mandetta (DEM-MS)Marcio Biolchi (PMDB-RS) – licenciadoMarco Maia (PT-RS)Maria do Rosário (PT-RS)Mendes Thame (PV-SP)Nelson Pelegrino (PT-BA)Otávio Leite (PSDB-RJ)Paes Landim (PTB-PI)Patrus Ananinas (PT-MG)Paulinho da Força (SD-SP)Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG)Paulo Teixeira (PT-SP)Renato Molling (PP-RS)Rodrigo Maia (DEM-RJ)Rogério Marinho (PSDB-RN)Ronaldo Lessa (PDT-AL)Ronaldo Zulke (PT-RS)Rosinha da Adefal (PTB-AL)Sérgio Zveiter (PSD-RJ)Silas Brasileiro (PMDB-MG)Zé Geraldo (PT-PA)


Fonte: www.paraibaradioblog.com.br

quarta-feira, 15 de março de 2017

OITO CIDADES DO SERTÃO SAEM DO RACIONAMENTO APÓS AS CHUVAS
João Paulo Fernandes15 março 0 comentários


Uma determinação temporária da Companhia de Águas e Esgotos do Estado da Paraíba (Cagepa) suspendeu o racionamento de água em pelo menos oito cidades do Sertão paraibano. A medida foi tomada depois das altas precipitações de chuvas registradas na região, nas últimas semanas, que melhoraram o nível de água nos reservatórios que abastecem os municípios.

As cidades que vão deixar o racionamento são Cajazeirinhas, Pombal, Vista Serrana, Paulista, Catolé do Rocha, Brejo do Cruz, Belém de Brejo do Cruz e São Bento.

A determinação foi assinada pelo diretor de operação e manutenção da Cagepa, José Mota Victor, nesta terça-feira (14), mas a informação só foi divulgada nesta quarta-feira (15).De acordo com a Cagepa em Pombal, as cidades que estavam em racionamento desde o mês de fevereiro são abastecidas pelos açudes Coremas e Mãe D'água, através dos rios Coremas e Piranhas, por meio de um sistema de captação flutuante. No regime de água adotado, o abastecimento das cidades era suspenso das 5h do sábado até as 5h da segunda-feira. A suspensão é temporária, até segunda ordem da companhia.

De acordo com os dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), no mês de fevereiro, o açude de Coremas, que tem capacidade para armazenar 591.646.222 metros cúbicos de água, estava com apenas 16.338.069, o que corresponde a 2,8% da capacidade total. Neste mês de março, ele está com 20.015.763, que equivale a 3,4%. Em pouco mais de um mês, ele teve uma recarga de 3.677.694 (0,6%).

Já o açude Mãe D'água, que tem capacidade para armazenar até 567.999.136 metros cúbicos de água, estava com apenas 24.552.886, o que corresponde a 4,3%, voltou a este mesmo percentual neste mês de março.

Fonte: G1

PSDB E PMDB JÁ MOSTRAM QUE SERÃO ADVERSÁRIOS DE CARTAXO EM 2018
João Paulo Fernandes15 março 0 comentários


Declarações dadas esta semana pelo prefeito Romero Rodrigues à CBN João Pessoa e pelo senador Raimundo Lira publicadas, ontem (14) mostram que tanto PSDB como PMDB estão decididos a ter candidatos próprios ao Governo do Estado em 2018.

Significa que na prática começa a se desfazer a aliança que em 2016 reelegeu Luciano Cartaxo prefeito de João Pessoa pelo PSD e a preço de hoje ele não contará com apoio dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Maranhão (PMDB) caso venha a se candidatar a governador ano que vem.

Bem ao contrário do que possa esperar, é mais fácil Cartaxo ter Cássio e Maranhão como adversários. É o que sinaliza o prefeito de Campina Grande ao advertir seus correligionários que um partido como o PSDB não pode abrir mão de candidatura própria ao governo estadual, sob pena de perder espaço, eleitores, prestígio e poder.

Tanto quanto o raciocínio de Romero, para quem Cássio é candidato natural do PSDB ao posto hoje ocupado por Ricardo Coutinho, vão na mesma linha de pensamento as pretensões de José Maranhão, que teria comunicado ao também senador peemedebista Raimundo Lira a intenção de disputar o Governo do Estado em 2018.

O desejo de Maranhão de governar a Paraíba pela quarta vez foi confirmado por Lira em entrevista ao blog Política & etc. do jornalista Ecliton Monteiro.


Fonte: www.polemicaparaiba.com.br

terça-feira, 14 de março de 2017

2018: PESQUISA DA 6SIGMA AVALIA POPULARIDADE DE POTENCIAIS CANDIDATOS AO GOVERNO
João Paulo Fernandes14 março 0 comentários


Uma pesquisa da 6Sigma revela como está a popularidade de potenciais candidatos ao governo da Paraíba em 2018. A coleta de dados foi realizada de 30 de janeiro a 3 de fevereiro, em 42 cidades espalhadas pelas regiões do estado. Objetivamente, os eleitores foram questionados se conheciam ou não os nomes apresentados na pesquisa – todos novatos na disputa ao governo do estado.

No universo de cinco nomes, os prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), e Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) aparecem como os mais populares, conhecidos por 65,8% e 38,2% do eleitorado considerado na pesquisa, respectivamente. O senador Raimundo Lira (PMDB) aparece em terceiro lugar, conhecido por 35,8% dos paraibanos questionados, seguido pelo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Gervásio Maia (PSB), e da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), com 29,3% e 25,6% de popularidade.

A pesquisa foi encomendada pelo radialista e editor do Blog do Gordinho, Fabiano Gomes. De acordo com a 6Sigma, 1.122 formulários foram coletados. O erro amostral da pesquisa é de 2,93%, com a confiança estabelecida em 95%. A metodologia empregada para a obtenção dos dados foi à técnica de coleta direta “Face to Face”, utilizando-se como instrumento de investigação, formulário estruturado, levando em consideração a forma escolhida dos participantes da pesquisa como elementos da amostra.

Confira os números da pesquisa para a pergunta: “Você conhece (nome do político)?”. Os eleitores tinham que escolher entre “sim” e “não”

Luciano Cartaxo (PSD): 65,8%
Romero Rodrigues (PSDB): 38,2%
Raimundo Lira (PMDB): 35,8%
Gervásio Maia (PSB): 29,3%
Lígia Feliciano (PDT): 25,6%

Fonte: www.blogdogordinho.com.br

LIRA DEFENDE CANDIDATURA DE MARANHÃO A GOVERNADOR EM 2018: 'TEM O MEU APOIO'
João Paulo Fernandes14 março 0 comentários


Senador ainda falou de sua pretensão pessoal para ano que vem

O senador paraibano Raimundo Lira (PMDB) disse que o seu correligionário no Senado, José Maranhão, manifestou o desejo de se candidatar ao Governo do Estado no ano que vem e que, se o fizesse, contaria com o apoio do mesmo.
“Houve uma manifestação do senador José Maranhão há poucos dias aí em João Pessoa do seu desejo de disputar o Governo do Estado e eu disse a ele pessoalmente aqui que o apoiaria se ele fosse candidato a governador”, comentou.
Lira declarou ainda desejo de tentar uma vaga no Senado no ano que vem.
“A minha pretensão é de pleitear em 2018 a disputa pelo Senado Federal”, confirmou.

Fonte: www.wscom.com.br

segunda-feira, 13 de março de 2017

SENADOR MARANHÃO CONVOCA EXECUTIVA DO PMDB PARA REUNIÃO NA SEGUNDA-FEIRA
João Paulo Fernandes13 março 0 comentários


A segunda-feira promete para os peemedebistas. O senador Zé Maranhão acaba de convocar reunião da Executiva Estadual para às 9h do próximo dia, na sede do partido. Essa reunião vem sendo cobrada por setores do partido simpatizantes do governador Ricardo Coutinho, em especial o senador Raimundo Lira e o deputado Veneziano.
A pauta ainda é genérica. Será para discutir o cronograma de reuniões do partido ao longo do ano e tratar das filiações partidárias. O terceiro item da pauta, “outros assuntos de interesse do partido”, é que deverá ser de fato suscitar o tema das recentes divergências que se tornaram públicas, entre os simpatizantes do governador e os seguidores da orientação do senador Maranhão, que desfez a aliança com RC.
Fonte: www.polemicaparaiba.com.br

TCE BLOQUEIA CONTAS DE CAMPINA GRANDE E MAIS 24 PREFEITURAS POR FALTA DE BALANCETE
João Paulo Fernandes13 março 0 comentários


O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) determinou, na tarde desta segunda-feira (13), o bloqueio das contas bancárias de 25 prefeituras paraibanas que não repassaram seus balancetes referentes ao mês de janeiro ao TCE-PB. O prazo que se expirou na última sexta-feira(10).
Cada balancete mensal dos organismos jurisdicionados deve ser entregue ao TCE até o final do mês subsequente. Os ofícios encaminhados ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal ressaltam que o bloqueio implica “a total impossibilidade de movimentação de contas bancárias, por meio de cheques ou qualquer documento hábil, permitida, porém, a realização de depósitos ou transferências para aplicação financeira que preserve o poder aquisitivo dos recursos, e somente poderá ser levantado o dito bloqueio mediante autorização do Tribunal.”
As prefeituras que tiveram as contas bloqueadas foram: Aroeiras, Barra de Santa Rosa, Borborema, Caiçara, Campina Grande, Cubati, Cuité, Duas Estradas, Frei Martinho, Ibiara, Jericó, Lucena, Mari, Marizópolis, Massaranduba, Nazarezinho, Nova Palmeira, Pedra Lavrada, Quixaba, Rio Tinto, Santa Helena, São João do Rio do Peixe, São José do Brejo do Cruz, Tacima e Tenório.

Fonte:www.wscom.com.br

BOMBAS QUEBRAM E ÁGUAS DA TRANSPOSIÇÃO DEVEM CHEGAR COM ATRASO A BOQUEIRÃO
João Paulo Fernandes13 março 0 comentários


O procurador de Justiça do estado da Paraíba e membro da comissão hídrica do Ministério Público Estadual (MPPB), Herbert Targino, revelou, na tarde desta segunda-feira (13), que duas bombas da Estação Elevatória (EV6), que joga água de Sertânia (PE) para o açude de Poções em Monteiro, no cariri paraibano, quebraram e a vazão de água do rio São Francisco está sendo oferecida pela metade.
Segundo o procurador, a comissão do MPPB está mantendo contatos para solucionar a questão, mas o problema irá retardar a chegada das águas no açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande e região. “Demorará mais dias para a água chegar a Boqueirão”, revelou.
De acordo com a previsão, após o açude de Poções começar a receber a água, o que na verdade aconteceu ontem, (12), até chegar ao açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que abastece Campina Grande e mais 18 municípios da região, seria um prazo de 30 a 45 dias, mas deviso a quebra das bombas este prazo será ampliado.
Fonte: www.paraibatododia.com.br

TCE-PB MULTA CARTAXO E DETERMINA MELHORIA NA QUALIDADE DAS OBRAS DA PMJP
João Paulo Fernandes13 março 0 comentários


A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba julgou regular com ressalvas, em sessão desta quinta-feira (9), despesas de R$ 24 milhões com 13 obras realizadas pela prefeitura de João Pessoa, no exercício 2013, e , ao mesmo tempo, decidiu aplicar multa pessoal de R$ 8,8 mil ao prefeito Luciano Cartaxo. Cabe recurso da decisão.
À sanção acompanhou também recomendação, igualmente aprovada à unanimidade, para que a prefeitura “adote medidas, por meio de seus órgãos de planejamento, execução e fiscalização que visem melhorar a qualidade do padrão de obras”. E que, para isto, realize “capacitação de seus quadros técnicos”.
Na mesma linha, a 1ª Câmara  recomendou que a administração municipal promova a “articulação institucional entre as secretarias envolvidas objetivando a manutenção adequada de prédios públicos”.
A inspeção especial realizada pelos órgãos técnicos do TCE identificou diversos tipos de falhas nas construções fiscalizadas. Foram constatados, por exemplo, extravasamento de esgotos durante a urbanização de assentamento precários do Alto Jaguaribe (bairro São José) e fissuras em fachadas de unidades habitacionais na Ilha do Bispo. E, ainda, problemas na construção, e de infiltração, em quatro escolas, com o comprometimento, inclusive, do uso de parte das suas instalações.
O relator processo 12185/14, conselheiro Fernando Catão, sugeriu em seu voto, e teve aprovação dos demais conselheiros, que doravante obras públicas que consomem recursos mais vultosos, “ como geralmente se verifica na capital, em Campina Grande, e nos municípios de maior porte, sejam inspecionadas isoladamente, e não mais em bloco”.

Fonte: www.paraibaja.com.br

CÚPULA DO CONGRESSO DISCUTE MUDANÇAS NO SISTEMA ELEITORAL
João Paulo Fernandes13 março 0 comentários


As principais lideranças do Senado e da Câmara se reuniram neste domingo (12) na residência oficial de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e discutiram, entre outros assuntos, mudanças no sistema eleitoral.

No encontro, Rodrigo Maia defendeu aos presentes o voto em lista fechada como saída - e disse ver o "ambiente crescendo" na Câmara para retomar o assunto. A proposta já foi derrotada em 2015. 

Estavam no encontro o presidente do Senado, Eunicio Oliveira (PMDB-CE), os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), José Agripino (DEM-RN) e Aécio Neves (PSDB-MG). Da Câmara, estava o líder do governo Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). 

O ministro Moreira Franco (Secretaria de Governo), o ministro do STF Gilmar Mendes e a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB-MA) também passaram pela residência oficial. 

A avaliação dos parlamentares é que, sem recursos de empresas, o financiamento das eleições de 2018 será uma incógnita.

Os políticos não sabem como (nem se) sobreviverão politicamente após o detalhamento nas delações da Odebrecht de como eram feitos os financiamentos de campanha. 

Os parlamentares já tiveram uma prévia com os depoimentos da Odebrecht na ação do Tribunal Superior Eleitoral. A revelação de caixa dois nas campanhas e agora o entendimento do Supremo Tribunal Federal de que caixa um pode ser propina aceleraram as discussões nos bastidores por saídas políticas para a crise.


Uma das ideias é ressuscitar o debate sobre o voto em lista fechada - quando o eleitor vota na lista do partido, e não mais no candidato. 

Outra proposta ainda em discussão é a aprovação de uma blindagem do caixa um e uma anistia ao caixa dois. 

Hoje, deputados da comissão da reforma política vão conversar com o ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral, sobre propostas para a reforma política.

Fonte: G1

domingo, 12 de março de 2017

GOVERNO DE TRIUNFO INSTALA ADMINISTRAÇÃO DISTRITAL EM JERICÓ
João Paulo Fernandes12 março 0 comentários


           A prefeitura de Triunfo-PE instalou no final da tarde deste sábado (11) no distrito de Jericó a Administração Distrital. Trata-se de uma descentralização permanente da sede do governo que funcionará como canal facilitador da aproximação entre comunidade e governo; o jericoense Bruno Ferreira (com a chave simbólica em mãos) será o administrador da sucursal do governo. Durante o prestigiado evento, o prefeito João Batista (PR) entregou a chave de um veículo zero km que ficará à disposição da Administração Distrital.

       Segundo o gerente da secretaria de finanças, planejamento e gestão do governo de Triunfo, Nivaldo Souza, a instalação da Administração Distrital facilitará mais ainda a aproximação da comunidade com a gestão. Nivaldo pontuou que também trata-se de um cumprimento de compromisso de campanha de João Batista. O vereador Camilo Ferreira também agradeceu ao prefeito João Batista e enalteceu a atitude inovadora da gestão. Camilo frisou o compromisso e atenção do governo com o distrito e reafirmou o compromisso de trabalhar para o desenvolvimento e bem-estar do município.