quinta-feira, 23 de maio de 2019

“Deixa o futuro falar”, diz Cássio sobre possível candidatura em CG
João Paulo Fernandes23 maio 0 comentários



Ex-prefeito de Campina Grande, ex-deputado federal, ex-governador e ex-senador. Estas são algumas das credenciais de Cássio Cunha Lima (PSDB), que causou frisson, nesta quinta-feira (23), após publicação nas redes sociais. No perfil que mantém no Instagram, postou foto do crachá usado por ele quando prefeito de Campina Grande, aos 25 anos. Não demorou para que uma enxurrada de comentários de eleitores seguissem a publicação. A maioria deles pedindo a candidatura de Cunha Lima, que, no ano passado, não conseguiu renovar o mandato de senador.

Procurado pelo blog, o político deu uma resposta enigmática sobre uma possível candidatura. “Deixa o futuro falar”, respondeu, ao comentar a “convocação” dos seguidores na rede social. O ex-senador é a principal figura política do PSDB no Estado e, caso tenha interesse, terá as bençãos do partido para a disputa. A sigla é comandada no estado pelo deputado federal Pedro Cunha Lima, filho de Cássio. Ele também é primo do atual prefeito, Romero Rodrigues, que trocou recentemente a sigla tucana pelo PSD. Apesar disso, há quem diga que o gestor abençoaria a candidatura do tucano, caso ele opte por encarar a disputa.

O atual prefeito encara uma situação atípica para a disputa de 2020, quando ele não poderá mais ser candidato. Tem uma gestão bem avaliada e uma fila de pelo menos oito aliados que se apresentam como opção para a disputa. Romero tem dito a quem queira ouvir que não tem pressa para definir quem vai receber o apoio dele nas eleições. Tem conversado com todos. Sobre Cássio, diz que não pode se posicionar sobre uma candidatura que ainda não foi posta oficialmente. Vê, porém, o tucano como um grande quadro e ressaltou a relação fraterna com o ex-senador.

A bolsa de apostas sobre a candidatura de Cássio Cunha Lima anda agitada. Mas replicando a resposta dele ao blog: “deixa o futuro falar”…

Leia mais no Jornal da Paraíba 
Resumo PB

Estado pagará primeira parcela do 13º salário para 19 de junho
João Paulo Fernandes23 maio 0 comentários




O pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais será efetuado no dia 19 de junho, O anúncio foi feito pelo governador João Azevêdo, durante o programa Fala Governador, desta segunda-feira (20), adiantando que, com isso, serão injetados cerca de R$ 180 milhões na economia paraibana durante o período das festividades juninas.

O pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais será efetuado no dia 19 de junho. O anúncio foi feito pelo governador João Azevêdo, durante o programa Fala Governador, desta segunda-feira (20), adiantando que, com isso, serão injetados cerca de R$ 180 milhões na economia paraibana durante o período das festividades juninas.
Para o governador João Azevêdo, esse pagamento representa uma injeção importante de recursos na economia da Paraíba. “Sabemos a importância de manter o pagamento em dia e fazer com que o Estado, diferente do que está acontecendo em outros lugares do país, possa cumprir mais um compromisso, que é fazer o funcionalismo receber absolutamente em dia e, neste caso, com uma antecipação de metade do 13º para o dia 19 de junho”, frisou.
PB News
“Espero que os servidores façam o melhor uso possível desta parte do 13º salário, ou seja, utilizem da forma mais adequada dentro das necessidades prioritárias de cada um”, observou o governador João Azevêdo.

Hervázio anuncia data da abertura dos Jogos Escolares e Paraescolares da PB
João Paulo Fernandes23 maio 0 comentários


Ao todo, aproximadamente 25 mil atletas disputarão a competição estadual

Os Jogos Escolares e Paraescolares da Paraíba 2019 terão início na próxima segunda-feira (27) com a abertura a ser realizada no ginásio principal da Vila Olímpica Parahyba, às 15h. A informação foi revelada nesta quinta-feira (23) pelo secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), o deputado licenciado Hervázio Bezerra. Ele destacou que mais uma vez o evento ocorrerá nas 14 regiões do Estado.

Pelo calendário oficial, dia 27 começarão as etapas das regiões de João Pessoa, Campina Grande, Sousa e Cajazeiras. Um dia depois, será a vez de Pombal e Catolé do Rocha e de 3 a 15 de junho, Monteiro, Mamanguape, Patos, Itaporanga, Guarabira, Cuité e Princesa Isabel. Cada etapa tem a duração média de 10 dias.
De acordo com o regulamento dos Jogos Escolares e Paraescolares, as escolas que vencerem as etapas regionais disputam a fase inter-regional, que é classificatória para a estadual, na qual os campeões ganham o direito de ir para etapa Nordeste dos Jogos Escolares da Juventude. “Ao término das etapas regionais, iniciam as inter-regionais, para que em agosto tenha a realização da fase estadual”, disse um dos coordenadores, professor Mineiro.
Ao todo, aproximadamente 25 mil atletas, entre 12 e 17 anos, espalhados por toda a Paraíba disputarão nas modalidades de futsal, voleibol, basquete, handebol, ginástica rítmica, tênis de mesa, vôlei de praia, atletismo, natação, badminton, judô, luta olímpica e ciclismo. Já a faixa etária dos atletas é entre 12 e 17 anos.
“É o Governo do Estado realizando mais um grande evento, que tem uma tradição de extrema relevância, pois envolve o esporte junto com a educação. São cerca de 25 mil adolescentes e jovens de 12 a 17 anos, que foram inscritos para esta edição de 2019 oriundos de escolas estaduais, municipais e privadas”, destacou o secretário Hervázio Bezerra.
Paraíba Já

quarta-feira, 22 de maio de 2019

IFPB: Impacto do Contingenciamento no Campus Princesa Isabel é de R$ 600 mil por ano, diz diretor
João Paulo Fernandes22 maio 0 comentários



Uma audiência pública realizada na manhã desta terça-feira(21) na Câmara Municipal de Princesa Isabel, proposta pelo vereador Irismar Mangueira, discutiu o impacto na administração financeira do Campus do IFPB de Princesa Isabel – PB, após o contingenciamento na Educação, anunciado pelo Governo Bolsonaro. Estima-se um corte de R$ 600 mil/ano.
 Segundo o Diretor Vinícius Batista Campos, caso se concretize, o segundo semestre será marcado por quebra de contratos de prestação de serviços e isso afetará a diretamente economia local. Batista também explanou em gráficos de que maneira são aplicados os recursos do Campus, sua otimização, transparência e estado limítrofe.



O vereador Irismar Mangueira declarou apoio irrestrito ao movimento que busca reverter a decisão do Governo Federal, lembrou a importância na qualidade e desenvolvimento da Educação regional e também o fator econômico, como fornecedores e servidores contratados.
No mesmo sentido, o prefeito Ricardo Pereira falou sobre as parcerias com o IFPB, abertura para estágios, geração de emprego e renda e se dispôs a fazer gestão junto à bancada federal paraibana no Congresso Nacional, para abraçar a causa das Universidades Públicas e Institutos Federais.
A audiência ainda contou com a presença de docentes e discentes do IPFB, vereadores, secretários do governo municipal e representantes de setores da sociedade.

Blog Rafaela Araújo

RETIRADO DE PAUTA: Julgamento que pede afastamento de Berg Lima não é votado pelo STJ
João Paulo Fernandes22 maio 0 comentários



Pautado e iniciado desde o dia 16 de maio, o  julgamento do processo em que o Ministério Público pede um novo afastamento do prefeito de Bayeux foi retirado de pauta.
A defesa de Berg informou ao Polêmica Paraíba que ainda desconhece o motivo para a retirada de pauta e aguarda
O prefeito está sendo mantido no cargo através de liminar concedida no fim de 2018 foi retirado de pauta no Superior Tribunal de Justiça na noite desta terça-feira (21) a pedido de uma das partes envolvidas.
Berg Lima foi preso em uma ação do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB). Ele foi flagrado, em vídeo, recebendo R$ 3,5 mil de um empresário fornecedor da prefeitura de Bayeux. O pagamento seria para Berg liberar ao empresário o crédito de R$ 77 mil referente a um contrato celebrado na gestão anterior.
Polêmica Paraíba

Ex-prefeito de Cabedelo Leto Viana deixa presídio e volta a ficar preso em batalhão da PM
João Paulo Fernandes22 maio 0 comentários


O ex-prefeito de Cabedelo Leto Viana deixou a Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice, em João Pessoa, e foi levado para a 6ª Companhia de Polícia Militar, que fica na cidade em que ele administrava. A nova transferência acontece cinco dias após ele ter deixado a carceragem do 5º Batalhão de Polícia Militar e ter ido para o presídio, medida determinada pela Vara Militar. Leto foi preso em abril de 2018 na primeira fase da Operação Xeque-Mate, que desarticulou esquema de corrupção que era comandado por ele na administração municipal.
A decisão de transferir o ex-prefeito foi do juiz Henrique Jorge Jácome de Figueiredo, da 1ª Vara da Comarca de Cabedelo, a pedido do Ministério Público da Paraíba. Ele determinou que Leto fique na Companhia até que seja providenciado local em separado para o preso pela Secretaria de Administração Penitenciária.
O Ministério Público alegou risco de vida, em razão dele ter colaborado com as investigações. “O presente pedido apresenta-se como medida cautelar. A fumaça do bom direito está demonstrada suficientemente, uma vez que é lógico que um delator ou réu confesso, e que aponta a participação e co-autoria de outras pessoas, necessita da devida proteção, devendo ficar afastado dos demais réus por ele incriminados, sob pena de evidente risco a sua vida. Por outro lado, sabendo-se que a transferência dos presos já ocorreu, resta presente também o perigo da demora”, explicou o juiz em sua decisão.
Henrique Jácome relatou que esteve na unidade para onde foram transferidos os presos e pode verificar que o réu Leto Viana encontra-se no mesmo pavimento que todos os outros presos provisórios investigados no âmbito da Operação Xeque-Mate, sem qualquer tipo de separação, ouvindo do secretário de Administração Penitenciária sobre a inexistência de outro local para preservar a devida separação.
“No intuito de preservar a vida do réu colaborador, nos termos da Lei nº 9.807/1999, determino que seja oficiado com a devida urgência a Secretaria de Administração Penitenciária para fins de transferir, em 24 horas, salvo necessidade operacional devidamente justificada, mas não excedente de 48 horas, o preso Leto Viana para a 6ª CIPM da Polícia Militar localizada na Comarca de Cabedelo, até que seja providenciado local em separado para o preso, e comunicado a este Juízo, o que resta deste já requisitado”, ressaltou o magistrado.
Jornal da Paraíba / Paraíba Já

“Vou depor com muito prazer”: Ricardo confirma que será testemunha e diz que Lula é inocente
João Paulo Fernandes22 maio 0 comentários



Ex-governador afirmou que o objeto da investigação foi a prorrogação de benefício fiscal para indústria automobilística no Nordeste


O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) será testemunha de defesa em um dos processos que tem o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) como réu. Em entrevista ao Paraíba Já, na tarde desta quarta-feira (22), o socialista explicou os motivos que o levaram a ser testemunha do petista.

O processo em questão é relacionado a Medida Provisória 471, assinada em novembro de 2009, pelo então presidente Lula, que prorrogava os benefícios fiscais concedidos à indústria automobilística nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. o Ministério Público do Distrito Federal denunciou, na Operação Zelotes, que o petista teria favorecido empresas do setor em troca de recebimento de propina.
De acordo com Ricardo Coutinho, o convite para depor em defesa de Lula neste processo veio do advogado Cristiano Zanin. Até o momento, a previsão para que o depoimento aconteça na 16ª Vara Federal de João Pessoa, através de videoconferência, é para o dia 31 de maio.
“Eu fui arrolado como testemunha por ter sido governador durante o processo (em 2017) e porque sei da importância, por exemplo, dessa prorrogação para que a Fiat continuasse na divisa com a Paraíba, gerando empregos. Foi bom também para a indústria automobilística na Bahia, no Ceará, enfim, para o Nordeste. Eu sou testemunha em função disso. Eu, com muito prazer, aceitei a indicação da defesa do presidente Lula. Eu vou testemunhar sobre um benefício e a necessidade dos incentivos fiscais têm para o Norte e para o Nordeste”, explicou.
A Medida Provisória 471 estendia o desconto do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aos fabricantes do setor automobilísticos nestas regiões, que seria encerrado em 2010 e, com a MP, ficou com o prazo final para 2015.
“Imagine, se você retirar os incentivos fiscais do Nordeste, como alguns inadvertidamente querem, acabaria com a indústria aqui. As tratativas, na época, eram para a vinda da Fiat para Pernambuco. Ela mudou de lugar quando eu e Eduardo Campos já éramos governadores da Paraíba e de Pernambuco. Então, ela veio para a divisa com a Paraíba. Mas é exatamente isso, uma pauta de defesa do Nordeste, que eu sempre tenho feito ao longo desse tempo todo. Em relação a isso, o ex-presidente Lula é injustamente acusado. É uma medida provisória extremamente necessária, porque se ela não tivesse existido, a indústria automobilística existente no Norte e Nordeste teria acabado. “, disse Ricardo.
Ele reafirmou a importância que essa prorrogação teve para o fortalecimento da indústria e para a economia do Nordeste, além de gerar emprego e renda para a população dos estados em que as montadoras se instalaram.
“Isso é uma prática necessária e consagrada no mundo inteiro. Regiões que têm mais dificuldades de desenvolvimento, precisam ter incentivo. É assim que é. A indústria automobilística se instalou no Sudeste porque o Governo Federal deu incentivo na época. A indústria siderúrgica cresceu porque também foi dado incentivo. Por que que uma empresa vai sair do Sudeste, onde tem o maior mercado consumidor e onde tem o maior aporte das matérias primas para vir pro Nordeste, muito mais longe? Ela tem que ter o incentivo. É disso que se trata”, pontuou.
Paraíba Já

Prefeitos e vereadores paraibanos se reúnem sexta-feira (24) em Campina Grande
João Paulo Fernandes22 maio 0 comentários


Cerca de 160 prefeitos e 800 vereadores paraibanos debateram nessa sexta-feira (24), a partir das 8h30, no auditório da na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande suas posições favoráveis a PEC 56/2019 que propõe a unificação das eleições no país.
A PEC apresentada na Câmara Federal quer estender os mandatos dos vereadores e prefeitos para que, a partir de 2022, as eleições municipais e gerais sejam unificadas. A iniciativa é do deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC).
A proposta cancela o pleito de 2020 e com isso os brasileiros iriam às urnas dois anos depois para votar para presidente, governador, senador, deputado federal, deputado estadual, prefeito e vereador.
O autor da PEC 56 afirma que a unificação das eleições já em 2022 vai gerar economia de R$ 1 bilhão. Contudo, dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que em 2012 as eleições municipais custaram aos cofres públicos R$ 483 milhões; e em 2016, R$ 650 milhões. Ou seja, 134,6% a mais. Portanto, na mesma proporção para 2020, o valor total das eleições municipais seria de R$ 874,9 milhões, abaixo da projeção de economia.
Fonte: Paraíba Debate

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

TRE-PB DEFINE DATAS PARA CANDIDATOS A PREFEITO DE CABEDELO PEDIREM O REGISTRO DE CANDIDATURA
João Paulo Fernandes24 outubro 0 comentários


A propaganda eleitoral está prevista na resolução para iniciar no dia 21 de novembro deste ano, e a prestação de contas terá que ser feita até o dia 12 de dezembro de 2018.

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) aprovou por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (24), em sessão comandada pelo presidente do tribunal, desembargador Carlos Martins Beltrão, a resolução da Corregedoria do TRE, que disciplina as novas eleições de prefeito e vice-prefeito de Cabedelo, em função da renúncia de Leto Viana e do falecimento do vice, Flávio Oliveira. Os pré-candidatos deverão apresentar o pedido de registro de candidatura junto ao juiz da 57ª Zona Eleitoral até às 19h do dia 20 de novembro de 2018.  

A coordenadora da Corregedoria, Vanessa do Egito, informou que serão apenas dois dias para o candidato pedir o registro de candidatura: dias 19 e 20. Já as convenções deverão ser realizadas nos dias 17 e 18 de novembro. "Tudo é encurtado, é uma eleição encurtada, em 90 dias", disse Vanessa, ao Portal ClickPB, lembrando, inclusive, a proximidade do recesso da Justiça. 
 Entre as principais definições, estão ainda a determinação de que o pleito siga todas as regras que disciplinam as eleições de 2018, nos termos das diretrizes emanadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), segundo informou o juiz Antônio Carneiro corregedor do TRE. 
A propaganda eleitoral está prevista na resolução para iniciar no dia 21 de novembro deste ano, e a prestação de contas terá que ser feita até o dia 12 de dezembro de 2018. O pleito segue a lógica das eleições de 2018, como por exemplo o comício, que poderá ser realizado até a quinta-feira que antecede o pleito, marcado para o dia 9 de dezembro deste ano. 
As novas eleições estão a cargo do juiz da 57ª Zona de Cabedelo, Antônio Silveira Neto, por se tratar de eleições municipais. 
“Anexa à resolução, nós temos o calendário de todas as atividades relativas a essa eleição. Nós vamos, ainda, com a assessoria da Corregedoria, designar uma reunião com sua Excelência, o juiz eleitoral da Zona, para alinhar os procedimentos", disse Antônio Carneiro. 
A resolução deve ser publicada no Diário da Justiça Eletrônico, o DJE do TRE.
CLICK PB

JOÃO ANUNCIA ESTUDOS PARA IMPLANTAR VLT E CONSTRUIR CENTRO DE CONVENÇÕES EM CG
João Paulo Fernandes24 outubro 0 comentários


O governador eleito da Paraíba, João Azevêdo (PSB), disse, no início da tarde desta quarta-feira (24), que Campina Grande deu um “grito de independência” no primeiro turno das eleições deste ano. Em entrevista concedida à Rádio Campina FM, ele aproveitou para agradecer a grande votação que obteve na cidade e reafirmou alguns dos compromissos assumidos durante a campanha, como a implantação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e a construção de um centro de convenções no município.
“Campina Grande deu um grito de independência muito grande nestas eleições. Nós tínhamos mais de 12 lideranças políticas importantes da cidade trabalhando contra nossa candidatura e, mesmo assim, conseguimos um resultado expressivo, ao mesmo tempo em que velhas oligarquias foram derrotadas”, destacou.
João, que concedeu a entrevista acompanhado da vice-governadora reeleita Lígia Feliciano (PDT), garantiu que já em janeiro do ano que vem serão iniciados os estudos para que os compromissos assumidos por ele com Campina Grande durante a campanha sejam viabilizados, como a implantação do VLT, aproveitando a linha férrea já existente na cidade, e a construção de um centro de Convenções. “É claro que intervenções importantes como estas demandam tempo, por isso, vamos iniciar os estudos o quanto antes”, declarou.
O governador eleito ressaltou que a população da Paraíba legitimou o projeto implantado no Estado pelo PSB, por conta da credibilidade que foi adquirida pela gestão do governador Ricardo Coutinho. “O povo não vota só pelo que foi feito, mas pela perspectiva de futuro. Graças à credibilidade conquistada pelo nosso projeto político-administrativo, quando assumimos o compromisso de implantar o VLT e construir um centro de convenções, a população de Campina acreditou”, exemplificou.
TV Borborema
Ainda em Campina Grande, João concedeu entrevista nesta quarta à TV Borborema, onde destacou a generosidade do povo paraibano para com o projeto do PSB. Ele destacou o fato de ter vencido em 209 dos 223 municípios paraibanos e, em vários deles, com uma vitória superior a 90% dos votos.
Ele lembrou, ainda, que venceu em 60 municípios que são administrados por prefeitos de partidos de oposição, que trabalharam contra sua candidatura. “O importante é que o povo da Paraíba deu uma demonstração muita clara de independência”, realçou.
João garantiu que Campina Grande continuará sendo tratada com o respeito que merece durante sua gestão, assim como ocorreu no governo de Ricardo Coutinho, quando a cidade recebeu mais de R$ 1,7 bilhão em investimentos.
Segurança hídrica
João ressaltou que um dos desafios de sua gestão será garantir segurança hídrica para todos os municípios do Estado, mas reafirmou que, até o final do seu mandato, a metra traçada por ele durante a campanha será alcançada. “Nós sabemos como fazer e onde encontrar os recursos”, finalizou.
PARAÍBA JÁ

terça-feira, 23 de outubro de 2018

ROBERTO PAULINO ANUNCIA APOIO A HADDAD POR GRATIDÃO PELO IF DE GUARABIRA
João Paulo Fernandes23 outubro 0 comentários


“Sinceramente, eu, Fátima e Raniery estamos anunciando o apoio ao candidato Fernando Haddad por vários fatores, mas em especial pelo fato dele ter nos atendido e implantado o IF de Guarabira”, revelou o ex-governador Roberto Paulino em entrevista ao Portal WSCOM.
Roberto Paulino afirmou ainda que a decisão da familia acontece numa hora de adversidade conjuntural, mesmo assim acredita na virada.
– Estamos vivendo um momento muito importante na vida nacional e nosso apoio chega como um reforço especial de reconhecimento ao trabalho de resultados dele para com Guarabira e todo brejo paraibano – concluiu.
WSCOM

ROMERO DIZ QUE AINDA NÃO TEM NOME PARA DISPUTAR PMCG EM 2020, MAS ADIANTA QUE CÁSSIO NÃO SERÁ ÚNICA OPÇÃO DA SITUAÇÃO
João Paulo Fernandes23 outubro 0 comentários


2020 ainda está longe, o que não impede as conjecturas políticas. Passadas as eleições estaduais, e restando apenas a definição no próximo domingo do futuro presidente do Brasil, as lideranças políticas da Paraíba, especificamente, de Campina Grande, já começam a traçar o xadrez político para as eleições municipais daqui há dois anos. Entre os nomes cotados para disputar a PMCG, está a do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que não conseguiu a reeleição e a partir de fevereiro de 2019 estará sem mandato.
O prefeito de Campina Grande, observou que ainda é cedo para se fazer qualquer projeção, e que ainda não pensou no perfil do futuro substituto, para as eleições municipais de 2020. Romero não rifou o senador Cássio da disputa, mas deixou claro que além do tucano o que já governou a cidade por três vezes a situação poderá lançar outros postulantes ao Palácio do Bispo.
Em entrevista a Rádio Correio FM, Romero frisou que não pode antecipar o nome do futuro candidato a prefeito da cidade, mas que ele sendo candidato, vai conversar, como conversará com os outros postulantes.
– Vamos conversar com todos, inclusive com ele, se ele estiver apto. Não posso estar antecipando a criação de fatos que não existem, com Cássio ou quem quer que seja. Não posso antecipar nada sem saber. O que posso dizer é que não serei candidato porque não posso, e nem queria. Acho que já dei minha contribuição e o que eu posso fazer, já estou fazendo – externou.
Romero disse que eleição só será pensada em 2019 conversada com os aliados.
– Não sou candidato e ninguém da minha família é candidato. Nossa pretensão é escolher um nome tecnicamente qualificado para administrar Campina, não é só ter desejo e vontade. Porque todo mundo quer ser prefeito de Campina, tem esse desejo. Administrar Campina é um sonho de qualquer campinense, mas temos que ter um perfil mínimo. Vamos discutir esse perfil, ver quem são os pretendentes, conversar com ele, e tentar encontrar aquele que reúne as melhores condições. Estamos ainda em 2018 e não tenho essa pressa toda. Tenho pressa em gestão, em retribuir a confiança que me foi dada em 2016 – explanou.

PB Agora

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

STF PROÍBE PAGAMENTO DE PENSÃO A EX-GOVERNADORES DA PARAÍBA
João Paulo Fernandes19 outubro 0 comentários


Em decisão unânime, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional o artigo da Constituição da Paraíba que garante o pagamento de pensões a ex-governadores.
Com a decisão, tomada na última quarta-feira (17), o pagamento do benefício, que foi aprovado pela Assembleia Legislativa da Paraíba em 2006, fica proibido.
Seis ex-governadores, incluindo o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), e ainda a oito ex-primeiras-damas, viúvas de governadores paraibanos, recebiam o benefício desde a aprovação pela ALPB.
A Ação Direta de Inconstitucionalidade foi ajuizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB).
PARAÍBA ONLINE

EX-PREFEITO DO SERTÃO PARAIBANO É PRESO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
João Paulo Fernandes19 outubro 0 comentários


O GTE de Cajazeiras conduziu na tarde desta quinta-feira dia 18, até a cadeia de Cajazeiras o ex-prefeito do município de Bom Jesus Evandro Gonçalves de Brito de 62 anos.

O ex-gestor tinha contra si um mandado de prisão em aberto por improbidade administrativa, praticada quando comandou a Prefeitura de Bom Jesus, de acordo com a Polícia Civil.

Após a detenção, ele foi encaminhado para a Delegacia de Cajazeiras, e logo em seguida será apresentado na Cadeia para cumprir sua pena semiaberto.

ANGELO LIMA

SEM MANDATO EM 2019, CÁSSIO ASSUMIRÁ PRESIDÊNCIA DO PSDB NA PB
João Paulo Fernandes19 outubro 0 comentários


O deputado federal eleito Ruy Carneiro (PSDB), presidente estadual do PSDB, informou nesta sexta-feira (19) que vai passar o comando do partido para o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que ficou sem mandato após as últimas eleições.
Ruy contou que a troca será feita em fevereiro, assim que ele assumir a Câmara Federal e Cássio deixar o Senado.
“A transição é justa e mais que merecida. Ele (Cássio) vai conduzir os destinos do PSDB daqui pra frente”, afirmou.
PARAÍBA JÁ

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

NA RÁDIO PRINCESA, HERVÁZIO AGRADECE AOS PRINCESENSES A VITÓRIA; DEPUTADO FOI ELEITO COM MAIS DE 31 MIL VOTOS
João Paulo Fernandes18 outubro 0 comentários



           O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), esteve em Princesa Isabel, nesta quinta-feira (18), onde participou do programa A Hora da Notícia, na Rádio Princesa FM. Hervázio agradeceu aos votos obtidos na região e se prontificou priorizar algumas demandas regionais, entre elas, a pavimentação asfáltica da estrada que liga o município de Manaíra – PB à Santa Cruz da Baixa Verde – PE.

            Sobre Princesa Isabel, o deputado agradeceu ao prefeito Ricardo Pereira (PSB), lideranças e cidadãos, pelo importante apoio que resultaram nos 2.473 votos no município. “Mesmo sem não ter sido votado em Princesa Isabel, destinei emenda parlamentar de R$ 400 mil que está sendo aplicada na reforma da Quadra Poliesportiva Ministro Alcides Vieira Carneiro, na reforma e ampliação de escolas da rede municipal de ensino e também na aquisição de dois novos veículos para a Secretaria Municipal de Educação.” – disse.

            Nesta legislatura, Hervázio Bezerra ocupou assento no legislativo na condição de suplente. Líder do governo na ALPB e eleito com 31.288 votos, o deputado ocupará a titularidade do mandato a partir de janeiro de 2019.

APÓS UMA LONGA PAUSA, VOLTAMOS!
João Paulo Fernandes18 outubro 0 comentários




       
      Após uma grande pausa, voltamos. O período eleitoral foi uma das razões. Acredito que o leitor do blog tem, assim, uma visão mais isonômica sobre este canal de notícias. Vamos adiante.

 João Paulo Fernandes

terça-feira, 14 de agosto de 2018

CONSULT: CÁSSIO APARECE COM 25,95% E VENEZIANO, 21,60% PARA O SENADO
João Paulo Fernandes14 agosto 0 comentários


Se a eleição fosse hoje, os dois candidatos ao Senado da República pela Paraíba em quem o eleitor votaria, o primeiro e segundo voto, seriam Cássio Cunha Lima (PSDB), que aparece com 25,95% e Veneziano Vital do Rêgo (PSB), com 21,60%, segundo dados da Pesquisa Consult, divulgada nesta terça-feira (14). 

O eleitor pode votar em dois candidatos a senador nas eleições deste ano. 

Conforme os números da Consult, Luiz Couto (PT) foi citado por 16,85% dos entrevistados. Daniella Ribeiro (PP), por 13,50%. Roberto Paulino (MDB) teria 5,80%. 

Já Nelson Junior (PSOL) recebeu 1,50% das intenções de voto e Nivaldo Mangueira (PSOL), 1,05%.

A pesquisa foi registrada sob os números PB-03853/2018 e BR-02689/2018. 

De acordo com os dados da pesquisa, foi utilizada uma amostra probabilística casual simples de 2000 entrevistas, distribuída nas 07 regiões do estado. 

Os resultados da pesquisa estão sujeitos a um erro máximo permissível de 2.0%, com confiabilidade de 95%. 


Click PB

NA ESPONTÂNEA, JOÃO LIDERA COM 12,25%, MARANHÃO TEM 6,96% E LUCÉLIO 5,65%
João Paulo Fernandes14 agosto 0 comentários


Os dados da pesquisa Consult para os cargos de governador, senador e deputado federal foram revelados na noite desta terça-feira, 14. Na pesquis espontânea, quando o entrevistador não oferece opções de nomes para o entrevistado, o candidato do PSB, João Azevêdo, aparece isolado na primeira colocação com 12,25% das intenções de voto.
 
Em segundo aparece José Maranhão do MDB, com 6,95%, praticamente a metade do socialista, e em terceiro o candidato do PV, Lucélio Cartaxo, com 5,65%.
 
Na estimulada, o senador José Maranhão passa a ser o mais lembrado, com 22,50% das intenções de voto; João Azevêdo (PSB) teria 21,35%; Lucélio Cartaxo (PV), 16,20%; Tárcio Teixeira (PSOL), 1,75%; e Rama Dantas (PSTU), 0,10%.
 
A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número PB 03853/2018. Foram realizadas 2 mil entrevistas e a pesquisa abordou o eleitor sob as candidaturas de governador, senador, deputado federal e estadual e ainda avaliação do governo Ricardo Coutinho.

Marcos Weric

LUCÉLIO AGENDA PARA ESTA TERÇA REGISTRO DE CANDIDATURA NO TRE
João Paulo Fernandes14 agosto 0 comentários


Depois do candidato João Azevêdo (PSB) e do senador José Maranhão (MDB), nesta terça-feira (14), é a vez do candidato do PV, Lucélio Cartaxo registrar sua candiadtura no Tribunal Regional Eleitoral.
O ato está agendado para o meio dia  no edifício-sede da Corte Eleitoral, em João Pessoa.
Ao lado de Lucélio, estarão a pré-candidata a vice-governadora, Micheline Rodrigues (PSDB), e os pré-candidatos ao Senado, Daniella Ribeiro (PP) e Cássio Cunha Lima (PSDB).
De acordo com a assessoria do pré-candidato, o nome da coligação será: “A Força da Esperança”

PB Agora